03Mai
2017

Agrinho 2017: Paranaíba dá o ponta-pé para ações pedagógicas do programa

Senar/MS leva às escolas públicas a proposta pedagógica interdisciplinar que fortalece a consciência da cidadania

O Sindicato Rural e a Secretaria de Educação de Paranaíba mobilizaram centenas de professores para um encontro que premiou os profissionais participantes do Programa Agrinho do Senar/MS em 2016 – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, que se envolveram com as ações do Programa no município. Cerca de 500 pessoas participaram do encontro, que contou com uma extensa programação cultural e palestras motivacionais.

O evento, realizado no último sábado (29), surpreendeu a diretora-secretária do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS e coordenadora educacional do Senar/MS, Terezinha Cândido, que entregou para os professores os certificados e medalhas do Programa Agrinho 2016. “Eles estão com muita vontade de fazer um trabalho diferenciado aqui e pude sentir uma expectativa muito grande com relação ao Programa. Percebi também a vontade de participação expressiva nesse novo ano. O Agrinho é uma grande ferramenta para apoiar os professores na construção dos temas transversais”, afirma Terezinha.

A professora e coordenadora municipal do Programa Agrinho em Paranaíba, Maria Ângela Pereira Pedroso, acrescentou: “Procuramos planejar um evento para sensibilizar os professores sobre a importância desse programa do Senar/MS. Foi um dia muito produtivo e eles saíram motivados, entusiasmados e interessados nas ações. Desde 2016 já desenvolvemos as atividades pedagógicas e oferecemos uma alimentação mais saudável para nossos alunos, tanto que a partir da semana que vem vamos implantar hortas urbanas em três escolas municipais, atendendo ao programa. Enfim, só temos a ganhar com o Agrinho”, explica.

Sobre o Agrinho – O Agrinho é o maior programa de responsabilidade social do Senar/MS e do Sistema Famasul que tem como finalidade fortalecer a consciência de cidadania por meio do desenvolvimento de temas transversais, como ética e sustentabilidade.

Em sua 4ª edição o Agrinho 2017 tem como tema “Cultivando saúde, colhendo qualidade de vida” e vai atender em 2017 mais de 180 mil alunos de escolas públicas urbanas e rurais, em 57 municípios do Estado.

Neste ano receberão pela primeira vez o programa as cidades de Alcinópolis, Anaurilândia, Aquidauana, Bataguassu, Batayporã, Corumbá, Fátima do Sul, Iguatemi, Jateí, Nova Andradina, Rio Negro, Santa Rita do Pardo, Sete Quedas, Sonora, Três Lagoas e Tacuru.

O que vem por aí – Com a ampliação do número de municípios e estudantes, e, em razão da grande qualidade dos trabalhos recebidos no ano passado, em vez de premiar os três primeiros lugares em cada uma das quatro categorias (Desenho, Redação, Experiência Pedagógica e Escola Agrinho), receberão prêmios, em 2017, os cinco melhores classificados. A premiação está marcada para o dia 27 de outubro, em Campo Grande. Em breve o Senar/MS vai divulgar o regulamento do concurso do Programa Agrinho para 2017.

Fonte: Assessoria de Comunicação Senar/MS – Rodrigo Corrêa