23Fev
2018

Agrinho 2018: Senar/MS inicia formação de instrutores

Maior programa de Responsabilidade Social da instituição vai envolver 200 mil alunos da rede pública de MS

Durante dois dias os 16 instrutores que vão atuar no Programa Agrinho em 2018 estiveram na sede do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural para alinhamento das ações do projeto. Com conhecimento sobre a metodologia aplicada pela coordenação, os profissionais serão os multiplicadores da iniciativa junto aos professores das escolas estaduais e municipais da rede pública de ensino.

“Para esse ano vamos envolver 200 mil alunos, 10 mil professores de 520 escolas públicas em 66 municípios. Mas o sucesso desse projeto não está apenas nos números, mas sim na capacidade de transformar vidas. Na capacitação, reforçamos o compromisso do Agro de ofertar oportunidade e melhoria de vida para a sociedade. E, mais ainda, preparamos essas crianças que poderão no futuro atuar no setor que é a vocação do nosso estado”, destaca o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan.

A coordenadora do Agrinho MS, Luciana Baumhardt, ressalta a importância da capacitação. “Ter instrutores qualificados, bem preparados e motivados para enfrentar os desafios que terão durante as formações é essencial para a melhoria da relação ensino-aprendizagem, bem como fundamental para o sucesso do Programa, pois esses profissionais são o Senar/MS na ponta”.

“É um investimento essencial que mantém a qualidade da equipe e, consequentemente, a produtividade do trabalho desenvolvida por todos, além da troca de experiência, que é enriquecedor, auxiliando na evolução profissional e pessoal e todos os integrantes. Capacitar é uma forma de motivar e unir o grupo, estimulando à dedicação e empenho coletivo”, complementa.

A pedagoga Ana Luiza Cartides é estreante na equipe de instrução do programa e relata a expectativa sobre os trabalhos do Agrinho. “O meu ingresso nessa equipe é um divisor de águas na minha vida pessoal e profissional. Pela primeira vez tenho contato com o Agro e fiquei impressionada com a dimensão do setor, e mais ainda com a importância do Senar/MS”, diz.

“Tem sido uma descoberta constante participar de um projeto que estimula a autoestima de crianças e transforma a realidade da comunidade escolar e de famílias. Me sinto privilegiada em fazer a diferença na vida das pessoas”, finaliza a instrutora.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Sistema Famasul – Rodrigo Corrêa